quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sempre gostei muito do meu Pai, e claro da minha mãe, porém, com 15 anos queria trabalhar, pois sentia necessidade de ganhar meu próprio dinheiro, meu pai para me proteger só tinha uma única palavra para mim, - você não vai trabalhar, pois não há necessidade, procure estudar mais.- Esta foi a palavra que eu ouvia, com 16 anos tomei coragem e passei a estudar a noite, pensava em trabalhar durante o dia, porém não conseguia nada; até que um dia meu cunhado, que tinha uma padaria, me ofereceu um trabalho para enrolar pães, que naquela época era com papel, fiquei muito contente, pois o fato de não trabalhar me colocava em uma posição, que para mim, era muito complicada pois eu me sentia como um vagabundo e sem serventia.
Por fim trabalhava no turno da madrugada, ou seja, estudava a noite e após a Escola me dirigia para o meu trabalho, que para mim era bastante cansativo.
Infelizmente minha carteira de trabalho, ainda não havia tirado, e estava trabalhando informalmente. Com 17 anos a minha sede por trabalhar de uma forma legal aumentou, porém tinha em minha frente uma barreira , o Quartel.
Por fim veio o alistamento militar, mas não queria me alistar no quartel, pois achava que não teria futuro. Então comecei a procurar me alistar na Marinha, fui em busca e fiz testes como se fosse um recrutamento, com provas escritas e testes físicos; para a minha surpresa fui reprovado nas primeiras provas, que decepção! mas é para frente que se anda, fui então tentar a sorte na Aeronáutica, e novamente não consegui, porque segundo eles, não tinha altura suficiente e porque morava em outra região diferente do alistamento, chegava em sonhar em nadar ou voar, mas a terra era o meu destino.
No dia do alistamento eu esta lá, nas primeiras horas da manhã, um dos oficiais nos deu a ordem de ficarmos um ao lado do outro a mandou tirarmos a roupa, - pensava comigo se o oficial me perguntar se quero servir, vou dizer que sim, pode ser que ele seja do contra!- e assim foi, estava tudo certo, mas foi no teste visual que fui reprovado, por ter um problema de miopia e não enxergar direito, que alivio! pois meu sonho era nadar ou voar.
Liberto das garras do quartel, a primeira coisa que fiz foi providenciar minha primeira carteira de trabalho em 27 de Agosto de 1984 com 18 anos, dois meses depois estava eu trabalhando na minha primeira Empresa com um cargo de Porteiro num dos Teatros mais famosos do Brasil, Teatro São Pedro em porto Alegre em frente ao Palácio do governo do Rio Grande do Sul.
Minha vida mudou completamente, passei a me interessar pelas peças teatrais, as quais assistia a todas, óperas, Orquestras Sinfónicas e Filarmónicas, música Erudita, música Clássica e passei a me apaixonar pelo Jazz, a música instrumental passou a ser um atrativo pois não gostava de ouvir bobagens.
Foi no Teatro que presenciei pela primeira vez um desfile de modas, vi também grandes companhias de Ballet e danças de todos os tipos, passei a me interessar por saber sobre os artistas, e também, como não queria ficar de fora, passei a ler muitos livros e a estar por dentro de todas as peças teatrais e os filmes que passava nos cinemas da cidade. Tudo isto me ajudou a superar a minha imensa solidão e vazio que sentia em minha Alma.
Sempre fui muito sozinho e introspectivo, me preocupava com o futuro e como eu poderia fazer pra ser uma pessoa melhor.
Criado em uma família com quatro mulheres e só eu de homem, somente com nove anos é que nasceu meu primeiro irmão, fiquei muito feliz, mas jamais poderia acompanhar a minha idade crescente.
Fico pensando e meditando no passado, nunca gostei de brigas, procurava não discutir com ninguém e sempre tive o maior respeito por pessoas de mais idade, não fumava e não bebia, nunca fui de muito namoro, sempre fui muito sincero.
Tinha complexo de ser magro de mais, e isto me deixava bastante incomodado, e para compensar este problema passei a jogar bola todos os dias e me envolver com Artes Marciais. mas foi jogando bola que me tornei conhecido e procurado pelos colegas do futebol.

TESTEMUNHO DE MILAGRES

Alguns anos atrás fiquei muito empolgado com a ideia de ir para a Cidade de Belo Horizonte participar de um Seminário chamado de Ministros Labareda de Fogo, ministrado pela Igreja do Evangelho Quadrangular onde congregava. Era a minha primeira viagem fora do Estado do Rio Grande do Sul, estava determinado a receber a unção de Deus através do Pastor Jimy Suagard. Chegou o grande dia, saímos de Porto Alegre com muita alegria no coração, só que comigo as coisas não estavam muito boas, pois uma dor terrível no meu corpo e uma pontada como uma agulhada afetava as minhas costas, senti a pressão espiritual e física, mas não iria desistir do meu sonho. A viagem toda com muita dor, mas não deixava que ninguém soubesse o que se passava comigo, apenas orava muito a Jesus que desse força para suportar a dor.Chegamos em Belo Horizonte com muita dificuldade, pois o ônibus estava também com problemas. No primeiro dia do seminário, subi com muita dificuldade na plataforma junto com outros Pastores, mas a dor continuava ainda mais forte que quase não podia me sentar direito na cadeira. Neste momento, depois do louvor e adoração, subiu na plataforma um Pastor que eu nunca ouvira falar antes, chamado Braulio Gusmão, começou a ministrar a Palavra de Deus fazendo menção da mensagem em Gênesis que diz, o Senhor fez cair em Adão um sono profundo e realizou a primeira cirurgia da história tirando das costelas de Adão a sua mulher Eva. Esta mensagem foi muito interessante, pois falava que além da primeira cirurgia também mostrava a primeira anestesia da história.Depois da mensagem o Pastor começou a orar, neste momento o poder de Deus desceu sobre aquele lugar e as pessoas começaram a cair pelo poder do Espírito Santo e imediatamente um fogo começou a queimar as minhas costas, que coisa tremenda! na mesma hora a dor parou, senti o calor da presença do Senhor, fui curado instantaneamente; foi algo extraordinário nunca havia sentido tamanha presença de milagres em minha vida, daquele dia em diante nunca mais senti dor como aquela, gloria a Deus fui totalmente curado para a glória do Senhor Jesus.
PÁGINA INICIAL MISSIONÁRIO ANDRÉ